O que é um CDO? Um líder que cria valor comercial a partir de dados

Um CDO supervisiona funções relacionadas com dados para garantir que a sua organização aproveite ao máximo o que poderá ser seu ativo mais valioso.

Por Minda Zetlin e Thor Olavsrud

O CDO é um executivo sénior responsável pela utilização e governança de dados em toda a organização. Embora o título de Chief Data Officer seja frequentemente abreviado para CDO, a função não deve ser confundida com a de Chief Digital Officer, que também é frequentemente chamada de CDO.

“O CDO é a pessoa sénior, com foco nos negócios, que entende a estratégia e a direção dos negócios, mas o seu foco é como sustentar isso com dados”, diz Caroline Carruthers, Diretora da consultora Carruthers and Jackson, ex-Diretora de Dados da Network Rail e Coautora de ‘The Chief Data Officer’s Playbook and Data-Driven Business Transformation: How to Disrupt, Innovate and Stay Ahead of the Competition’.

A Capital One nomeou o primeiro CDO em 2002. Apenas algumas organizações seguiram o exemplo na década seguinte. A nomeação de CDO acelerou nos últimos anos, de acordo com um estudo global quantitativo de 2021 de diretores de dados, divulgado recentemente pela PwC, Strategy&. A PwC descobriu que apenas 21% das 2.500 maiores empresas de capital aberto do mundo atualmente possuem um CDO, e quase metade de todos os CDO foram nomeados a partir de 2019. Até o momento, muitas dessas nomeações concentraram-se nas verticais de seguros, bancos, media e entretenimento, retalho e TI/tecnologia.

A pesquisa da NewVantage Partners, ‘Data and AI Leadership Executive Survey 2022’, por outro lado, descobriu que 74% das empresas pesquisadas nomearam diretores de dados ou analytics, ou ambos combinados, numa função.

A diferença nas descobertas pode derivar de onde o CDO se situa nas organizações pesquisadas. A Strategy& define um CDO como “uma única pessoa no nível C-suite ou um nível abaixo, com responsabilidade pela abordagem estratégica de dados da empresa”. A NewVantage Partners tem uma visão mais ampla da função.

Salário do CDO

De acordo com a análise de remuneração da Glassdoor, o salário médio do CDO é de 232.961 dólares por ano, como remuneração total, incluindo bônus e participação nos lucros, variando de 142.000 dólares a 399.000 dólares por ano (valores praticados no mercado norte americano).

Descrição do cargo

O CDO supervisiona uma série de funções relacionadas a dados que podem incluir gestão de dados, garantia de qualidade de dados e criação de estratégia de dados. Também podem ser responsáveis pela análise de dados e inteligência de negócios – o processo de extrair informações valiosas dos dados. Ou algumas funções de gestão de dados podem ser de TI, e a análise pode pertencer a um diretor de analytics, um título que alguns dizem ser intercambiável com CDO.

Embora alguns CIO e CTO vejam a criação de um CDO como uma invasão do seu território, Carruthers diz que os limites são distintos. Os CDO são responsáveis por áreas como qualidade de dados, governança de dados, gerenciamento de dados mestre, estratégia de informação, ciência de dados e análise de negócios.

“A diferença entre o CDO e o CIO na minha mente é bastante clara, e muitas vezes uso a analogia do balde e da água”, diz Carruthers. “O diretor de informações [CIO] é responsável pelo balde. Os CDO são responsáveis por garantir que o balde tenha o tamanho certo, que não haja furos, que seja seguro e que esteja no lugar certo. O CDO é responsável pelo fluido que entra no balde, sai do balde, vai para o lugar certo, tem a qualidade certa e o fluido certo para começar. Nem o balde nem a água funcionam um sem o outro”.

Ainda assim, por enquanto, o papel do CDO permanece um tanto instável e em evolução. A NewVantage Partners diz que 59,8% dos entrevistados executivos da pesquisa acham que a função do CDO continua incipiente e em evolução, enquanto 40,2% dizem que a função é bem-sucedida e estabelecida.

Responsabilidades do CDO

De acordo com o Gartner, o CDO é responsável pela estratégia de dados e informações de toda a empresa, governança, controlo, desenvolvimento de políticas e exploração efetiva.

Inicialmente, a função de CDO concentrava-se em conformidade e governança de dados, mas a pesquisa ‘State of the CDO’, da IDC, realizada entre fevereiro e abril de 2020, descobriu que muitos diretores de dados também são responsáveis por usar dados para gerar resultados de negócios. A IDC descobriu que 80% dos principais KPI usados para medir o desempenho do CDO são orientados para os negócios.

De acordo com a IDC, as responsabilidades do CDO incluem:

  • Governança: aconselhamento, monitorização e governança dados corporativos;
  • Operações: habilitar a usabilidade, disponibilidade e eficiência dos dados;
  • Inovação: Impulsionando a inovação da transformação digital corporativa, redução de custos e geração de receita;
  • Analytics: oferecer suporte a análises e relatórios sobre produtos, clientes, operações e mercados.

Empregos do CDO

Uma pesquisa recente por cargos de CDO no Indeed.com e no LinkedIn mostrou vagas disponíveis em vários setores, incluindo: retalho, saúde, media, seguros, serviços financeiros, ensino superior, indústria e governo.

Uma amostra das descrições de cargos do CDO mostra áreas-chave de responsabilidades, como: evangelizar e comunicar uma visão de dados como parte crítica da estratégia de crescimento; criação de políticas estratégicas de acesso a dados; liderar o projeto de infraestrutura analítica; desenvolver e executar uma estratégia central de dados para gerar receita; supervisionar a governança de dados, investimento em dados e parcerias; e criar estratégias com colegas de nível C.

As empresas estão à procura, por exemplo, inovadores experientes e altamente motivados que produziram resultados tangíveis, bem como liderança de nível sénior em departamentos de dados e/ou analytics com sete anos ou mais.

CDO vs. diretor de analytics

Embora o CDO e o diretor de analytics sejam duas funções distintas, ambos devem residir na mesma pessoa, argumenta Guy Gomis, sócio da empresa de recrutamento BrainWorks.

“Estou a descobri que os melhores da classe estão a combinar os dois”, diz. “A maioria dos líderes de análise deseja ter para si a estratégia de dados”. Isto faz. Analytics é como os dados fornecem valor, então essa é uma função essencial. Ao mesmo tempo, você precisa de uma boa estratégia de dados e uma boa gestão de dados ou não obterá dados de qualidade para analisar. Assim, Gomis diz: “A melhor prática é ter um diretor de estratégia de dados e analytics que possua tanto dados quanto analytics e trabalhe em estreita colaboração com o CIO”.

A NewVantage Partners diz que em 2022 muitas empresas adotaram essa combinação de funções de dados principais e funções analíticas em uma única função de CDO e analytics (CDAO). A empresa diz que 44% dos CDAO vêm de uma formação em data analytics ou ciência de dados, em comparação com 29% que vêm de uma formação em gestão de dados ou governança de dados.

A quem deve reportar?

A IDC diz que 59% dos diretores de dados atualmente reportam a um líder de negócios. Além disso, 80% das principais partes interessadas que os diretores de dados apoiam são empresários, incluindo o CEO, COO, CFO e o chefe de transformação digital.

Embora as organizações estejam a adotar rapidamente a função de CDO, a NewVantage diz que ainda há muita confusão e desacordo sobre o mandato e a importância da posição. Uma pesquisa descobriu que 52% dos participantes identificaram o CDO como o executivo com a principal responsabilidade pela estratégia de dados e seus resultados. Em 2022, 48% dos entrevistados disseram que outros executivos de nível C tinham a responsabilidade principal ou alegaram que não havia um ponto único de responsabilidade.

A Strategy& acredita que o papel do CDO deve estar no nível C-suite ou um nível abaixo porque “a nomeação de um CDO de nível sénior é essencial para as equipas de liderança que buscam maximizar o potencial dos dados como um ativo estratégico em toda a organização”.

Carruthers concorda diz que o CDO pode se reportar a vários lugares da organização, mas prefere o CEO ou COO.

“O único lugar que acredito ser absolutamente errado é no CIO”, diz. “À medida que a função evolui e amadurece, reporta a outros lugares do negócio. Está a mover-se na direção a um assento superior na mesa– o que deveria ser. Para mim, o CIO e o CDO deveriam trabalhar lado a lado como uma parceria, e uma parceria não funciona quando um parceiro trabalha para o outro”.

Anthony Scriffignano, Cientista-Chefe de Dados da Dun & Bradstreet, que reporta ao CEO da Dun & Bradstreet, diz que não há uma resposta única para a questão a quem um CDO deve reportar. “Vi a função em finanças, TI, marketing, P&D, pode até ser em desenvolvimento de produtos”, diz ele. “Muitas vezes, é uma nova função, talvez criada por uma pessoa que ficou sobrecarregada com as demandas da sua própria função, então muitas vezes encontrará na organização porque foi esse profissional quem a criou. Mas isso não significa necessariamente que é onde deve ficar”.

O que procurar num CDO

De acordo com a pesquisa da NewVantage Partners, 51% dos executivos das empresas Fortune 1000 acham que um CDO bem-sucedido deve ser um agente de mudança externo com novas perspetivas. Enquanto isso, 14% tinham a opinião oposta: achavam que um CDO bem-sucedido deveria ser um veterano da empresa que entende a cultura e a história da organização. Os entrevistados também ficaram divididos quanto ao histórico do CDO: 10% acreditavam que uma função de sucesso de CDO deveria ser preenchida por um executivo da linha de negócios responsável pelos resultados financeiros, enquanto 19% disseram que o CDO deve ter uma trajetória de cientista ou informático.

Gomis diz que viu os diretores de dados virem com formação em marketing e que alguns são MBA que nunca trabalharam em data analytics antes. “A maioria deles falhou, mas as empresas que os contrataram sentiram que o conjunto de competências de influenciador era mais importante do que o conjunto de competências de data analytics”, diz.

Boas competências com as pessoas certamente podem ser úteis para sair do aperto em que muitos novos diretores de dados se encontram. “Um dos maiores erros é não entender o que será necessário para ter sucesso, em termos de expectativas”, diz Gomis. “Se olhar para muitas pessoas que tiveram o título de chief data officer e chief analytics officer nos últimos três anos, há uma tremenda rotatividade”. Quando fala com eles e seus ex-empregadores, percebe “que a expectativa da empresa e dos candidatos não estavam alinhadas”, completa.

Muitas vezes, o problema são as expectativas irreais de um empregador. “O maior erro que as empresas cometem é esperar que, porque contrataram alguém, o problema seja resolvido”, diz Justin Cerilli, que lidera a prática de dados e analytics da consultora Russell Reynolds Associates. “Na verdade, está apenas a começar a resolver o problema – as decisões difíceis ainda estão por vir. É quando começa a perguntar quem é o nosso pessoal, quais são os nossos processos e como mudamos a nossa cultura. Os CEO dizem aos diretores de dados para mudar tudo para obter os resultados finais que desejam, mas não querem mudar a maneira como fazem”.

Artigos relacionados

O seu comentário...

*

Top