AT paga sete milhões de euros à Microsoft

A verba servirá para “aquisição de serviços para licenciamento e manutenção de software Microsoft ou equivalente”, entre 2015 e 2017.

A Autoridade Tributária e Aduaneira (AT) vai pagar quase sete milhões de euros pela “aquisição de serviços para licenciamento e manutenção de software Microsoft ou equivalente, para um período de 36 meses, entre os anos de 2015 a 2017″.

A resolução do Conselho de Ministros, publicada esta terça-feira em Diário da República, refere especificamente a Microsoft, enquanto no comunicado do Conselho de Ministros do passado dia 14 de Maio, não se fazia qualquer referência à empresa.

A AT pode realizar a despesa, num montante máximo de 6,9 milhões de euros, através do acordo-quadro com a Entidade de Serviços Partilhados da Administração Pública (ESPAP). Os encargos anuais não podem exceder os cerca de 2,3 milhões em cada ano, embora esse montante máximo possa “ser acrescido do saldo remanescente do ano que antecede”

Autores

Artigos relacionados

O seu comentário...

*

Top