Orçamentos de CIOs crescem

Mudança ocorre quando CEOs mudam foco da poupança de custos para investimento.

Os CIOs reportaram o mais alto nível de crescimento dos seus orçamentos desde 2006 dado que os CEOs mudaram o seu foco da redução de custos para usarem a tecnologia como forma de melhorar a eficácia das operações, de acordo com o 2014 Harvey Nash CIO Survey.

Após a crise de crédito, a redução de custos foi esmagadoramente a principal prioridade dos CEO entre 2009 e 2013, mas isso transformou-se agora numa eficiência operacional, com 63% dos CEOs a preferirem projectos que permitam ganhar dinheiro – como o marketing digital, sistemas orientados para o cliente e projectos de inovação – em vez de pouparem dinheiro.

Agora no seu 16º ano e representando a opinião de mais de 3.200 CIOs em mais de 30 países, o estudo mostra que cerca de 46% destes responsáveis tiveram crescimento nos seus orçamentos – eram 42% no ano passado e ao nível mais elevado desde 2006, quando 47% viu os orçamentos crescerem.

“Estamos a ver um novo espírito de optimismo entre os CIOs”, afirmou o CEO da Harvey Nash, Albert Ellis. “Crescimento nos orçamentos, uma mudança da redução de custos para o investimento, a inovação como objectivo fundamental, a transformação digital e um papel cada vez mais estratégico para muitos CIOs – tudo aponta para um sentido positivo na expectativa sobre as novas oportunidades que temos pela frente”.

O estudo também revelou um dado inalterado sobre os CIOs a reportarem directamente ao CEO (32%), embora metade dos CIOs afirme estar no comité executivo da organização – abaixo dos 54% no ano passado.

Autores

Artigos relacionados

O seu comentário...

*

Top