As skills para um Cloud Architect ser bem-sucedido

À medida que as empresas usam tecnologia de nuvem para se transformar rapidamente, muitas reconhecem que a organização precisa de especialistas em nuvem para atingir os seus objetivos. Ainda assim, estudos indicam que 90% dos decision makers de TI reportam falta de requisitos de nuvem na sua equipa1. É certo que existe uma procura elevada de profissionais com experiência em arquitetura de nuvem para melhor planear, desenhar, desenvolver, migrar e operar aplicações na nuvem.

Por Carlos Sanchiz

O que faz um Cloud Architect?

Os Cloud Architect são responsáveis por gerir a arquitetura de computação em nuvem de uma empresa. Têm um conhecimento profundo dos princípios e serviços de arquitetura usados para desenvolver uma estratégia técnica de nuvem, dar assistência nos esforços de migração para nuvem, rever arquiteturas de workloads e dar orientações na resolução de problemas de alto risco. Para fazer isso, os Cloud Architects precisam de um mix de skills de negócio, técnicas e sociais, para além de uma compreensão da formação técnica, que pode beneficiar a sua equipa.

Quais as skills mais importantes de um Cloud Architect?

Flexibilidade e Ânsia de Aprender

Um Cloud Architect tem de conseguir trabalhar em vários cenários e estar disposto a aprender os requisitos únicos de cada projeto. Não existem dois projetos ou dois clientes iguais, daí que uma aprendizagem contínua e vontade de experimentar ajudam os Cloud Architects a dar a melhor orientação à empresa. Um dia de trabalho pode começar pela pesquisa de novos serviços e características e transformar-se em fóruns de discussão. Com uma atitude de curiosidade, os Cloud Architects podem estarão melhor preparados para encontrar novas abordagens na resolução de problemas.

Gestão de Tempo

Os profissionais de Arquitetura em nuvem devem possuir uma forte capacidade de gestão de tempo. Cada dia é diferente e pode incluir reuniões com clientes para discutir problemas, rever necessidades e projetar infraestruturas arquitetónicas para dar resposta a distintas situações. Não existe um dia típico: pode-se estar em reuniões, a escrever scripts, trabalhar na migração, acompanhar novas ferramentas através de formação online ou resolver problemas. Desta forma os Cloud Architects estão focalizados em planear o seu dia-a-dia, priorizar o tempo nas tarefas e saber como tirar proveito dos pequenos períodos.

Skills de Comunicação e de Negócio

Há muitos stakeholders e participantes no processo de utilização da nuvem, desde os que a pagam, à equipa de segurança, à equipa técnica, até aos que ajudam a tomar decisões sobre fornecedores de nuvem. Os Cloud Architects estão a ser incentivados a fazer parte do processo de decisão, e a prepararem-se para comunicar o projeto a qualquer stakeholder. Os Cloud Architects bem-sucedidos sabem como comunicar com o público, alinhando as suas recomendações aos imperativos do negócio.

Tomadas de decisão

Muitas vezes, o Cloud Architect será a pessoa a quem o stakeholder recorre para orientações face a problemas. A capacidade para providenciar uma perspetiva firme, clara e de confiança, passa uma mensagem de que a empresa está em boas mãos, mas também que as soluções recomendadas são seguras, resilientes, com uma boa relação custo-benefício e geridas com excelência operacional. A tomada de decisão não significa necessariamente uma posição de liderança. Cloud Architecs podem dar orientações sem assumir uma posição de autoridade.

Credenciais Técnicas do Setor

Obviamente, um Cloud Architect deve possuir as skills técnicas necessárias para servir de base ao planeamento e gestão da arquitetura em nuvem, incluindo programação básica, desenvolvimento de software e integração contínua, implementação contínua (CICD), bases de dados, capacidades de rede e segurança ou de arquitetura em modernas aplicações, entre outros.

Além disso, os Cloud Architects podem obter uma certificação reconhecida pelo setor, como a certificação AWS Certified Solutions Architect – Associate, que valida a capacidade de projetar e implementar soluções bem arquitetadas na AWS e que atendam aos requisitos do cliente.
Na última década, vi a computação em nuvem evoluir de uma tecnologia relativamente desconhecida para um dos principais drivers de negócio. Embora a tecnologia tenha crescido e mudado significativamente, a maioria dos requisitos necessários para o sucesso permaneceram constantes. Ao nos comprometermos a entender como usar a nuvem em todo o seu potencial – e capacitar os profissionais que o tornam possível – aproveitamos ao máximo a grande oportunidade que a nuvem cria para empresas e colaboradores evoluírem.

Autores

Artigos relacionados

O seu comentário...

*

Top