IBM com novos recursos AIOps do Watson para apoiar os CIO na automação

Assente no Red Hat OpenShift, o Watson AIOps funciona em qualquer cloud e surge da colaboração com um ecossistema de parceiros, incluindo Slack e Box.

Os desafios enfrentados pelos CIO na sequência da pandemia são mais complexos e críticos do anterior a mesma. Hoje, estes líderes têm em mãos a recuperação das empresas, assim como o retorno a atividade “normal” dos negócios. A IBM acaba de anunciou novas capacidades e serviços baseados em Inteligência Artificial (IA), desenhados para apoiar os CIO na automação das suas infraestruturas de TI por forma a serem mais resilientes face a futuras disrupções e para os ajudar a reduzir custos.

O IBM Watson AIOps é uma nova oferta que utiliza a IA para automatizar a forma como as empresas detetam, diagnosticam e respondem a anomalias de TI em tempo real. Incidentes e interrupções imprevistas de TI podem ter custos avultados, com impacto negativo nas receitas e na reputação das empresas. A Aberdeen estima que uma interrupção de serviço pode ter um custo de cerca de 260 mil dólares por hora.

Por outro lado, o  IBM Watson AIOps tem o objetivo de permitir a automação no nível da infraestrutura e foi desenhado para ajudar os CIO a prever e moldar melhor os resultados futuros, concentrar os recursos em tarefas de maior valor  e criar redes mais responsivas e inteligentes que possam manter-se em funcionamento por mais tempo.

Esta nova solução foi desenvolvida na versão mais recente do Red Hat OpenShift para estar disponível em ambientes híbridos de Cloud e funciona em conjunto com tecnologias de colaboração, como são exemplos o Slack e a Box. Também funciona com fornecedores de soluções tradicionais de monitorização de TI, como a Mattermost e ServiceNow.

Tags ,

Artigos relacionados

O seu comentário...

*

Top