Empreendedores e gestores de pequenos negócios optam cada vez mais por soluções cloud

Quem o diz é a PRIMAVERA, ao assinalar os dois anos de lançamento do software, Jasmin, que já emite mais de 90.000 faturas mensalmente e transacionou mais de 1 bilião de euros.

O ritmo de adesão às soluções cloud tem aumentado desde o lançamento desta solução, e em apenas dois anos o software Cloud da Primavera  já conta com mais de 7.000 utilizadores.

Depreendemos, a partir desta adesão crescente, que a cloud já conquistou definidamente as preferências dos gestores mais jovens e está gradualmente a conquistar também a confiança das gerações que não cresceram na era digital. Porém, o sucesso do Jasmin não se deve unicamente ao facto de estar na cloud, pois os gestores modernos já não querem apenas um software que permita faturar em qualquer lugar, querem um sistema que ajude na condução do negócio e antecipe resultados, e o Jasmin disponibiliza tudo isso através de mecanismos de inteligência artificial”, diz em comunicado Idalina Sousa, diretora de marketing da PRIMAVERA BSS.

Para além do modelo de adesão cloud, a tecnológica defende que as tecnologias de última geração, como o Machine Learning e a Inteligência Artificial, também têm contribuído para o sucesso desta solução, na medida em que o próprio sistema disponibiliza insights preditivos que apoiam os jovens gestores na condução do negócio. A aposta em tecnologias inovadoras é um desígnio crescente da PRIMAVERA que, na segunda versão do Jasmin, faz uma aproximação às fintech, disponibilizando várias opções de pagamentos online, o que permite um maior controlo e gestão da tesouraria dos pequenos negócios.

Fruto de um investimento superior a 2 milhões de euros, o Jasmin foi lançado no mercado nacional em março de 2017 com o intuito de ser o software de gestão 100% cloud mais usado por novos empreendedores e para pequenos negócios. 

Disponível de forma gratuita durante 1 ano ou até um volume de faturação de 30 mil euros, o Jasmin emite hoje mais de 90.000 faturas mensalmente, devidamente certificadas pela Autoridade Tributária. Ainda no decorrer deste ano a tecnológica irá disponibilizar o software no mercado africano. 

Autores
O seu comentário...

*

Top