Cilnet quer crescer 30% em rentabilidade [Podcast]

A CIO Podcast aceitou o convite da administração da empresa para uma conversa sobre o desempenho dos seus negócios, no mítico restaurante lisboeta Solar dos Presuntos.

Sonoplastia: Evander Manuel

A Cilnet, tecnológica portuguesa de serviços de engenharia na área das TI, terminou o ano de 2018 com um crescimento de 25% de rentabilidade e de 16% em volume de negócios, excedendo o objetivo a que se propôs, resultado da estratégia de criação de uma oferta de soluções integradas com a componente própria de Serviços.

A área de negócios com maior crescimento foi a de Serviços, com a oferta de soluções As-a- Service (Private Cloud) e Serviços Geridos, com um crescimento de 22%. O crescimento obtido resulta da estratégia transformacional já adotada nos últimos anos, com um constante investimento na inovação sempre com o obejtivo de criar uma oferta diferenciadora.

A área de negócio de venda de produtos (hardware e software) obteve um crescimento de 13%, resultado da angariação de novos clientes durante o ano de 2018.

Segundo João Martins, CEO da Cilnet, “Em termos de capital humano tivemos um crescimento de 23%. Esta evolução veio confirmar uma estratégia sustentada no investimento efetivo em soluções próprias, que dependem integralmente da retenção e da capacidade de atrair novos talentos para a equipa. A aposta nestes drivers estratégicos, traduziu-se na melhor rentabilidade de sempre na empresa.”

Para o ano de 2019 a Cilnet pretende crescer pelo menos 30% em rentabilidade, apoiada na consolidação das novas unidades de negócio, promovendo assim o crescimento dos serviços próprios. O foco da empresa continuará a incidir na unidade de Serviços Geridos, no crescimento da oferta de Private Cloud e no reforço do investimento na área de Cibersegurança, em breve haverá novidades sobre este setor, e a eventualidade de um SOC a falar português surgir no mercado ficou no ar.

O seu comentário...

*

Top