CIO britânicos temem que o Brexit limite a entrada de talentos

Um estudo entre os gestores de TI no Reino Unido aponta para um maior conhecimento das novas tecnologias entre os profissionais, mas eles estão preocupados com os efeitos que a saída da UE pode ter na contratação de novos perfis.

A forte procura de talentos especializados na industria de TI e recursos digitais é um dos efeitos colaterais da “Transformação Digital”. Ter disponíveis todos os perfis necessários para levar para a frente um projeto digital nem sempre é uma tarefa fácil. Em certas situações, para além das dificuldades em encontrar profissionais talentosos, todo se pode complicar tendo em conta alguns fatores externos, como por exemplo, a crise de 2008 ou os efeitos das políticas de Donald Trump na contratação de talentos para desenvolvimento se soluções TI.
O Reino Unido pode deparar-se com um efeito semelhante após Brexit, devido à maior dificuldade para os trabalhadores de fora do território em conseguirem um contrato de trabalho. É esta a principal preocupação de alguns CIO no Reino Unido, de acordo com um novo novo estudo do Barclaycard. Segundo este relatório, os gestores tecnológicos das empresas britânicas estão conscientes de que o avanço nos sistemas digitais e novas ferramentas requerem uma atualização dos modelos. Mais de metade dos inquiridos neste estudo mostram-se extremamente ou moderadamente preocupados que a experiência dos seus equipamentos não atenda às necessidades das suas organizações; e uma percentagem semelhante move essa preocupação para o Brexit, temendo que o processo de saída da União Europeia dificulte a contratação de funcionários com as skills técnicas apropriadas.
Os participantes no relatório deste estudo, no entanto, reconhecem que houve um progresso significativo na aquisição de conhecimento para travar uma iminente lacuna de skills. Por exemplo: 72% dizem que, em geral, o conhecimento tecnológico melhorou nos últimos cinco anos entre os gestores de TI de diferentes setores. Esse maior conhecimento é transferido entre gestores de cargos semelhantes ou superiores: 71% dos entrevistados afirmam que seus colegas têm mais conhecimento sobre questões de tecnologia. A grande maioria, oito em cada dez, acham que hoje em dia precisam mais terem uma ampla gama de skills do que há cinco anos, porque o seu trabalho foi ligado com praticamente todas as áreas o da empresa.

O estudo também indica que os CIO do Reino Unido apontam para uma percepção positiva das organizações de transformação digital do país. Quatro em cada dez empresas aumentaram os gastos com P & D nos últimos cinco anos e 77% adotaram formas mais ágeis de trabalhar.

Autores
Tags

Artigos relacionados

O seu comentário...

*

Top