Sector financeiro inova com blockchain e bitcoin

As tecnologias blockchain foram consideradas o “principal driver de inovação no sector financeiro” pela CIOnet. As preocupações e tendências para o sector incluem ainda a bitcoin e as questões relacionadas com a segurança e regulamentação.

LandingPage_BlockChain

A CIOnet revela que as tecnologias blockchain “estão a ser exploradas e desenvolvidas a uma velocidade sem precedentes”, apresentando níveis de adopção cada vez mais relevantes que irão ter impacto em processos de negócio no sector financeiro, nomeadamente banca de retalho, de investimento e mercados de capitais.

Segundo o grupo de executivos, tecnologias como a blockchain estão a migrar progressivamente do universo Fintech (startups tecnológicas vocacionadas para o sector financeiro) para as instituições financeiras tradicionais. Como consequência poderão registar-se “alterações de fundo no contexto competitivo sector”.

As tecnologias blockchain começaram a ganhar destaque e visibilidade em 2016 e “vieram para ficar”, segundo a associação e na sequência da “Lisbon Welcomes Fintech”, promovida pela comunidade de executivos de tecnologias de informação, no contexto da Web Summit 2016, em Novembro. A próxima edição desta conferência deverá ter lugar novamente no âmbito da Web Summit como avança a CIOnet em comunicado.

Principais tendências/preocupações

Aplicações Blockchain: a utilização massificada destas aplicações irá transformar toda a lógica de processos de negócio no sector financeiro. As “provas de conceito” que as instituições bancárias têm vindo a testar com parceiros estão cada vez mais perto de se tornarem reais e massificadas, sendo utilizadas nos serviços financeiros que os bancos tipicamente prestam como pagamentos internacionais, liquidações comerciais, entre outras afins.

Bitcoin: esta criptomoeda utiliza um sistema descentralizado, Peer to Peer (P2P), que o torna um sistema auto-regulado. Segundo a CIOnet é “ironicamente auto-regulado”, porque não existe regulamentação formal da criptomoeda. A Bitcoin já é utilizada como meio de pagamento em estabelecimentos comerciais como hotéis.

Regulamentação e segurança: apesar de continuar a funcionar como travão para os casos de uso actuais (blockchain ou bitcoin, por exemplo), as instituições financeiras que queiram implementar aplicações baseadas em blockchains irão exercer cada vez mais pressão sobre as entidades reguladoras.

Estas tecnologias foram pensadas com o objetivo de aumentar a transparência dos processos financeiros e bancários. No entanto, com o aumento da transparência surgem questões de segurança e privacidade de dados altamente complexas quer ao nível tecnológico quer ao nível legal.

Autores

Artigos relacionados

O seu comentário...

*

Top