7 resoluções de Ano Novo dos executivos europeus

A CIOnet elencou as resoluções que não devem ser postas de lado da agenda dos executivos.

CIO cionet premios 2015A comunidade europeia de executivos de TI apresentou as principais resoluções que os CxO pretendem pôr em prática em 2017. Dieta operacional, literacia financeira  e aceitar o risco como processo natural são algumas das ideias presentes.

 

Eis as resoluções de Ano Novo que devem constar da agenda dos CxO, de acordo com a recolha:

1. Exercício organizacional (Thinkathons): é importante exercitar e estimular interacções organizacionais, em particular quando há vários CxO. A CIONET recomenda agendar, já no início do ano, vários momentos para “brainstorming”, os chamados “thinkathons”, para que, ao longo do tempo, reservar tempo para momentos de partilha de informação se transforme numa nova rotina da organização.

2. Dieta operacional: as organizações devem focar-se na optimização dos custos operacionais, que deve ser acompanhada de uma avaliação periódica das medidas tomadas. Deste modo é possível definir políticas aplicáveis a vários departamentos da organização.

3. Literacia financeira: os administradores das empresas devem procurar integrar metodologias de avaliação financeira como EVA, ROI, ZBB, NPV nos vários departamentos da organização. Esta integração contribui para efectuar planos e acções mais adequadas no momento certo.

4. Dar mais tempo ao importante: os responsáveis de topo das organizações precisam saber desligar-se das suas agendas rígidas e dedicar-se a promover a motivação, cooperação e colaboração no espaço físico da organização. Os CxO, seja qual for o tipo de organização que lideram, estão cada vez mais empenhados na recriação do espaço de trabalho para que se torne em simultâneo num ambiente profissional, informal e inspirador.

5. Aprender novos idiomas geracionais: uma das grandes preocupações dos CxO deve ser a integração de jovens colaboradores (os “millennial”) em projectos tradicionais como um método de aceleração do processo de entendimento entras as várias gerações de trabalhadores.

6. Aceitar o risco como processo natural: a administração das empresas deve admitir que o erro é um processo natural de aprendizagem organizacional. Deve também implementar pilotos ou projectos com risco elevado, para fomentar atitudes de iniciativa e criatividade necessárias para que a inovação exista realmente na organização.

7. Substituir hábitos nocivos: métodos de trabalho, burocracias ou atitudes “tóxicos” devem ser confrontados e eliminados para que não se disseminem.

Autores
Tags

Artigos relacionados

O seu comentário...

*

Top