Clientes e desempenho de negócio são prioridades para os CIO

Responsáveis têm perfis bastante semelhantes, com 75% a partilhar sete traços predominantes de personalidade ou de estilos de trabalho.

Os CIO estão mais focados nos clientes do que no desempenho do negócio, mostrando uma mudança nas suas prioridades, revela o estudo “Global CIO Survey 2016-2017“, publicado pela Deloitte. “Na edição anterior, a percentagem de inquiridos a indicar os clientes como prioridade fixou-se nos 45%, sete pontos percentuais abaixo do valor de 2016”, diz a consultora.

Os clientes continuam a ser a primeira prioridade em oito dos dez sectores analisados no estudo mas apenas 45% dos CIO consideram que as TI são importantes na melhoria da experiência do cliente, com 28% dos CIO a considerarem que as suas organizações estão abaixo da média nas competências digitais.

O estudo, realizado a mais de 1200 CIO em 48 países, incluindo Portugal, mostra que três quartos deles considera que o alinhamento das TI com a estratégia de negócio e com os objectivos de desempenho é a principal competência da TI para o seu sucesso, seguindo-se a execução dos projectos tecnológicos (55%) e a visão e estratégia, com quase 50%.

O Global CIO Survey registou que cerca de 57% dos CIO afirma ainda que “as áreas de negócio esperam obter apoio na inovação de negócio e no desenvolvimento de novos produtos e serviços, mas mais de metade dizem que não existem de momento, ou estão ainda em processo de definição, prioridades em matéria de inovação e de tecnologias disruptivas”.

61% dos CIO identificam a cibersegurança como uma expectativa fundamental mas apenas 10% a assinalam – e à gestão de risco nas TI – como uma grande prioridade.

Outros dados do estudo:
– 70% dos inquiridos indicaram que é esperado deles que baixem o custo das operações e, simultaneamente, melhorem os níveis de serviço para impulsionar o desempenho do negócio, mas apenas 27% identificaram a execução de projectos tecnológicos complexos como uma competência importante;

– 67% revelou que os responsáveis de negócio esperam que eles reduzam os custos em TI e impulsionem a eficácia operacional, enquanto 66% afirmou que é também esperado que mantenham ou aumentem a disponibilidade e o desempenho dos sistemas de TI.

– 47% reconheceu que as competências em TI relacionadas com disrupção e inovação são essenciais para serem bem-sucedidos, mas 52% indicaram que essas competências não existem ou estão em processo de criação, enquanto apenas 21% referiu o “conhecimento dos mercados e das forças disruptivas do negócio” como um ponto forte actual.

Perfil do CIO
O Global CIO Survey mostra ainda que “as personalidades dos CIO são bastante semelhantes, com 75% a partilhar sete traços predominantes de personalidade/estilos de trabalho:
– fácil adaptação a novos ambientes (90%),

– enfoque no objectivo ao invés da emoção ao trabalhar com terceiros (81%),

– uma adopção precoce da tecnologia (81%),

– assunção de responsabilidades (78%),

– visão de conjunto (76%),

– tolerância ao confronto (75%) e

– tolerância ao risco (também 75%).

Autores
Tags

Artigos relacionados

O seu comentário...

*

Top