CIOs têm de reinventar negócio para o digital

As empresas esperam 41% da sua receita dos negócios digitais em 2020, o que duplica os valores alcançados em 2015. No entanto, muitas ainda não começaram a sua transformação digital.

As capacidades digitais facilitam a entrada em novos mercados ou a sua criação estabelecimento, como têm feito a Airbnb e a Uber, diz a consultora Gartner.

De acordo com o seu vice-presidente e analista, Jorge Lopez, para uma organização pode ser mais fácil começar a transformação digital se antes cria uma visão do negócio digital para o seu sector específico. Desta forma, podem detectar-se as áreas onde será mais afectada e onde estará a vantagem competitiva.

Em resumo, os CIOs devem compreender o seu sector para responder às implicações do negócio digital.

Neste ponto, a Gartner assinala que é preciso primeiro identificar a mudança fundamental que vai afetar muitas dimensões da empresa e as suas operações, seja no seu negócio actual ou na abertura para novas áreas de actividade.

Depois, é necessário um conjunto de capacidades para fazer funcionar o negócio digital e saber se a empresa o necessita de ter, havendo que decidir se é desenvolvido internamente, através de aquisições ou por “outsourcing”.

Também é necessário planear os activos necessários para agilizar o plano, como as pessoas, e ter em conta que o novo negócio digital não é estático, pelo que é adequado manter um programa de investigação pensado para experimentar constantemente as possibilidades de expansão e de crescimento dos serviços digitais.

Autores
Tags

Artigos relacionados

O seu comentário...

*

Top